Como fazer marketing de influência no varejo?

21 de agosto de 2017 | Dicas

Já ouviu falar em marketing de influência? Pode até ser a primeira vez que você lê esse termo, mas, com certeza, já foi impactado por alguma ação do tipo.

No artigo de hoje, vamos explicar como funciona essa estratégia tão importante do marketing e como ela pode trazer resultados significativos no varejo, principalmente para o mercado de moda.

O que é marketing de influência

Provavelmente, deve haver uma pessoa a quem você admira e segue as recomendações e conselhos. Essa pessoa pode ser desde um amigo até uma celebridade ou figura de influência na área em que você atua profissionalmente.

Saiba que a credibilidade que essa pessoa tem em fazer com que você tome certas atitudes a caracteriza como uma influenciadora. E o marketing de influência tem como objetivo justamente usar a relevância dessas pessoas para impactar um público específico.

Atualmente, se fala muito em influenciadores digitais. Está cada vez mais comum que as marcas recorram a pessoas relevantes nas redes sociais para enviar produtos ou, até mesmo, realizar ações em parceria.

Com esse tipo de abordagem, as empresas conseguem impactar milhares de pessoas que confiam nas opiniões e gostos do influenciador e, assim, atrair mais clientes.

E isso realmente traz resultados?

Se você acha que o marketing de influência é a “moda da vez”, prepare-se para mudar os seus conceitos. Entre as empresas que já utilizaram esse tipo de estratégia, 94% afirmam que os resultados foram efetivos, de acordo com pesquisas.

Além disso, o perfil do consumidor está mudando. A nova geração de clientes não aceita mais ser interrompido com mensagens publicitárias e busca consumir conteúdo que realmente seja relevante e tenha identificação com as suas crenças.

Nesse cenário, usar plataformas com tanta autoridade como a dos influenciadores é uma excelente maneira de se aproximar do consumidor e construir também a relevância da sua marca.

Dicas para fazer o marketing de influência

O marketing de influência vai muito além de patrocinar um perfil nas redes sociais ou veicular banners em blogs.

Ele pode ser realizado de diversas maneiras, desde que a sua empresa analise com cautela se o perfil do influenciador em questão está em sintonia com o público-alvo dos produtos vendidos.

A seguir, você vai encontrar algumas ideias para colocar essa estratégia tão importante e de resultados em ação:

1. Envio de produtos

Quando falamos do varejo, realizar o envio de produtos para o influenciador fazer um unboxing ou avaliar o que foi recebido são excelentes opções para ganhar visibilidade.

No primeiro caso, o influenciador tira fotos ou grava um vídeo mostrando que recebeu o pacote e abrindo-o para ver o que veio dentro. Para isso, vale a pena investir em embalagens diferentes e que tenham a ver com a ação ou a proposta da sua marca.

No caso de enviar produtos para avaliação, é importante escolher peças que tenham a ver e sejam do tamanho do influenciador.

Vale reforçar que, nesses casos, a opinião de quem recebeu os produtos será sincera. Por isso, é fundamental selecionar os produtos com cuidado para acertar no alvo e não fazer com que a sua ação se transforme em uma grande propaganda negativa.

2. Criação de conteúdo

Também é possível contratar um influenciador para produzir um conteúdo especial para a sua marca.

Quando falamos do universo da moda, esse pode ser um tipo de ação com alto retorno. Uma ideia é chamar alguns blogueiros que falam sobre o assunto e lançar um desafio para eles criarem looks com um ou duas peças-chave da coleção.

O conteúdo pode ser distribuído por meio de vídeos e imagens nas redes sociais da sua empresa e, claro, nas do influenciador.

3. Presença em eventos

Uma terceira dica para fazer o marketing de influência no varejo é convidar ou contratar influenciadores para participarem de algum evento da sua loja.

Essas pessoas costumam atrair um alto número de fãs, por isso, pode valer muito a pena realizar um lançamento especial e aproveitar o material gerado para divulgar nas redes sociais da marca.

Lembre-se de que essa é uma estratégia de marketing e que, como todas as outras, precisa de muito planejamento e análises para aumentar as vendas. Por isso, não deixe de avaliar os resultados gerados e aprender com os erros para realizar ações cada vez mais certeiras!

Deixe um comentário

*Preencha o campo corretamente