RADICAL CHIC: COMO SER PUNK SEM PEGAR PESADO NA REBELDIA

29 de maio de 2013 | Sem categoria

Tudo bem, tudo bem, a gente sabe. Pra qualquer lugar que você olhe fala-se de visual punk. Desfiles internacionais, os comentadíssimos looks do baile do MET, depois a exposição do MET em si… Mas e agora? Como fazer para colocar todas essas ideias em prática? 

Identifique o seu estilo e mergulhe de cabeça: 


Seja sexy: Coloque todas as tachas, transparências, recortes e ajustes do look a favor do seu poder de sedução. Nada mais sugestivo do que transformar um look transgressor (com uma pontinha de tendência dominatrix) em uma brincadeira fashion pra lá de sensual.


Aposte no branco: Deixe de lado o óbvio (e tentador) preto total e ilumine o visual pesado com peças brancas. Aproveite que o couro branco está com tudo e misture texturas. Aqui você também tem a chance de pesar um pouquinho mais a mão nos acessórios.


Uma fofurice aqui, outra acolá: Nada como babados, tecidos fluidos e candy colors para suavizar qualquer ideia um pouco mais… radical. Então use e abuse destes recursos e misture a elementos pesados. O resultado ganha aquele ar hi-lo que a gente adora!


Divirta-se: Camisetas com imagens e frases engraçadinhas são ingredientes fundamentais para quebrar a seriedade da inspiração. Aproveite a estética do movimento, com recortes, colagens e letras grafitadas para fazer graça e crie uma identidade punky-funny.

Renove o clichê: A jaqueta perfecto é a peça-ícone do movimento. Aproveite este recurso delicioso e invista em variações de cortes, comprimentos e texturas. É a dose certa de radicalismo para qualquer tipo de look.

Fonte: Glamour