Relacionamento com o cliente: como atendê-lo melhor?

28 de agosto de 2017 | Dicas

Manter um bom relacionamento com o cliente é um grande desafio. Afinal, essa tarefa requer treinamento constantemente dos vendedores, manter o contato com os clientes e, inclusive, tentar personalizar o atendimento.

Isso significa que um relacionamento próximo e valioso com o cliente vai muito além de ser bem-educado. Ao mesmo tempo, se desdobrar para realizar todas as vontades das pessoas que entram em sua loja também não é uma estratégia eficaz de atendimento.

Como realizar essa tarefa com excelência, então? Conheça, a seguir, os princípios de um bom atendimento e relacionamento com o cliente:

1 – Saiba quem são as pessoas do outro lado

Se você acompanha o nosso blog, com certeza, já leu essa dica em outros artigos. Tentar se relacionar com o cliente sem saber quem ele é ou o que deseja é uma missão fadada a dar errado.

Quando você conhece os seus clientes, entende o que eles enxergam como importante e sabe até onde pode ir no relacionamento, essa atividade se torna muito mais natural.

Por isso, o primeiro passo para um bom relacionamento com o cliente é dedicar constantemente um momento a entender quem eles são. Quanto mais informações você tiver, mais fácil será de personalizar o atendimento e fidelizá-los.

2 – Segurança, clareza e transparência

Essa é a tríade do sucesso para um bom atendimento ao cliente.

Nem sempre falar mais significa se comunicar bem. Ao mesmo tempo, mentir ou ocultar informações para resolver problemas com agilidade está longe de ser uma atitude benéfica para a sua loja.

Estamos falando aqui de um relacionamento que, em como todas as relações, honestidade e objetividade são fundamentais!

Sempre que um problema surgir, seja sincero com o seu cliente e apresente quais as etapas e atitudes que a sua loja vai tomar para resolvê-lo. Essa regra também vale para divulgações, promoções e qualquer outra comunicação que você tenha com o cliente.

Quando está claro quais os valores e o propósito da sua loja, torna-se mais fácil de resolver conflitos e, inclusive, de criar uma aproximação maior com os clientes.

3 – Automação é diferente de “robotização”

Existem diversas ferramentas atualmente que permitem manter a comunicação e criar um relacionamento próximo com o cliente. Elas são ótimas para informar de lançamentos e ofertas e, inclusive, ajudam bastante a entender melhor quem são as pessoas que compram da sua loja.

No entanto, é preciso usar esse tipo de tecnologia com cautela e a favor do seu negócio. Tornar o atendimento mais ágil e eficaz é diferente de transformar os seus vendedores e as mensagens enviadas em algo robotizado.

Lembre-se de que personalizar o atendimento e tentar tratar cada um dos clientes com exclusividade é um dos melhores caminhos para proporcionar experiências inesquecíveis e, assim, aproximá-los ainda mais da marca.

4 – Cuide da apresentação e tenha empatia sempre

A primeira impressão pode ser a única que vai ficar para o cliente da sua loja. Por isso, é muito importante orientar os vendedores e estar atento à forma como eles abordam os clientes.

Essa dica vai de encontro ao primeiro item que apresentamos. Cada perfil de cliente tem uma peculiaridade e, por isso, não há uma regra a respeito do que é considerado certo na abordagem.

Clientes mais receptivos e abertos podem gostar um pouco mais de atenção e de ouvir opiniões. Em contrapartida, outros clientes podem se sentir invadidos com vendedores que ficam o tempo todo em cima ou, até mesmo, com mensagens via WhatsApp.

Para entender qual caminho é o melhor, ponha-se sempre no lugar do cliente. Muito mais do que vender, coloque a empatia como um dos valores da sua marca para que seja possível tomar decisões melhores e que não comprometam o relacionamento com o cliente.

Fazer o atendimento ao cliente no varejo não é uma tarefa nada fácil. No entanto, quando você e a sua equipe começarem a entender quais são os melhores caminhos, os resultados serão notados de imediato!

Um bom relacionamento com o cliente tem o poder de aumentar as vendas, incrementar a margem de lucro e, inclusive, conquistar verdadeiros fãs para a sua loja. E, quando esse patamar é alcançado, os concorrentes dificilmente conseguirão encontrar um espaço para “roubar” os seus clientes.

Agora queremos saber: como é o relacionamento com o cliente na sua loja? Conte para a gente nos comentários as maiores dificuldades enfrentadas para trocarmos experiências!

Deixe um comentário

*Preencha o campo corretamente