VESTIDO LISTRADO: MONTE LOOKS INCRÍVEIS COM ESSA PEÇA QUE NUNCA SAI DE MODA

13 de janeiro de 2017 | Sem categoria

As listras são uma estampa básica e atemporal, que nunca saem de moda. Estão sempre presentes em looks com uma pegada mais descontraída e leve, até mesmo em produções mais elaboradas.

O vestido listrado é a mistura de uma peça funcional e versátil do guarda-roupa feminino com uma das estampas mais queridinhas do mundo da moda. O resultado são looks práticos, que vão desde um cineminha até um evento mais formal.

Você consegue criar looks de vários estilos com o vestido listrado. Para composições mais descoladas e moderninhas a aposta certeira é combinar com um tênis, já para produções mais formais, o blazer e o salto alto são a escolha certa.

Muita gente ainda tem dúvida de como usar a peça, por isso, trazemos algumas dicas de como usar o vestido listrado em diferentes ocasiões.

Vestido listrado ajustado

Um modelo versátil que vai do dia a dia até a balada. O que dará o tom do estilo serão os tecidos e as cores, além dos acessórios. Para eventos mais festivos ou formais o melhor é optar por baixo contraste, entre as listras, truque garantido para deixar o look mais sofisticado. Apostar em acessórios poderosos e optar por uma terceira peça, um blazer, por exemplo, deixará a silhueta mais alongada e elegante.

Vestido listrado fluido

Esse modelo é despojado na medida certa, além de ser um grande aliado para os dias mais quentes. Ele é ótimo para criar movimento e disfarçar alguns quilinhos a mais ou a menos. Para combinar com o vestido soltinho a consultora dá algumas dicas de sapatos: os modelos fluidos ficam ótimos com sapatos mais abertos, rasteiras, mas também podem ser compostos com tênis ou até mesmo com sapatos com shape masculino.

Vestido listrado rodado

Um modelo com uma pegada romântica e super feminina, o vestido listrado rodado ajusta e equilibra qualquer silhueta. Um bom truque para alongar a silhueta é investir em sapatos com a cor nude (cada pele tem seu tom) e na parte superior um bom decote em V ou um colar mais longo, fazendo as vezes do decote.

Vestido listrado longo

Versátil e elegante, o vestido longo listrado é uma boa pedida para eventos noturnos formais ou um simples almoço de domingo. Os vestidos longos podem alongar a silhueta, basta optar por vestidos com fendas, decotes profundos e em V, ou usar um cinto para marcar a cintura mais alta.

Vestido listrado midi

O modelo queridinho do momento também aparece listrado e cheio de estilo. Algumas dicas: para eventos formais o melhor é compor com maxi colares, bolsa crossbody ou clutch e nos pés saltos poderosos, já para os eventos diurnos e mais casuais pode-se apostar em tênis, flatform, bolsa mochila ou saco, e nos eventos a luz do dia um chapéu, ankle boots ou coturnos. Amarrar uma camisa ou jaqueta jeans na cintura é um truque de estilo para equilibrar a silhueta.

Vestido listrado curto

O vestido curto transita entre vários estilos e ocasiões. Vestidos mais curtos podem desfilar durante a noite, em festas, com acessórios poderosos e durante o dia com sapatos casuais e uma terceira peça, que pode ser camisa, jaqueta ou colete, para deixar o visual mais equilibrado.

Vestido listrado p&b

O vestido listrado preto e branco é um clássico e super atemporal. Perfeito para qualquer ocasião, até mesmo para um evento mais formal. Os modelos e as configurações das listras são os mais variados, aqui vale todas as regras e composições já citadas. Lembrando que essa composição é de alto contraste, ou seja, pode expandir a silhueta, para amenizar basta procurar por listras mais finas e com pouco espaçamento.

Vestido listrado de manga comprida

Uma ótima opção para os dias mais frescos, sem contar que a manga longa dá um charme a mais no visual. Nos dias mais frios pode ser composto com botas, meia-calça e casaco. Para os dias mais frescos é possível compor com rasteiras ou flatform, os coletes deixam o look mais moderno, dependendo do modelo do vestido pode-se compor com cintos.

Vestido listrado com tênis

Para um visual mais básico e descolado, a grande aposta é compor o look com um tênis. Vale lembrar que a meia deve ser transparente. E para não achatar a silhueta é preciso atentar para o vestido, lembrando que comprimentos mini tendem a alongar a silhueta, assim como, fendas, decotes, colares longos, cintos, terceira peça e listras verticais.

O listrado ideal

Confira algumas dicas de estilo sobre os tipos de listras existentes e como elas podem influenciar o visual.

Listras verticais:esse tipo de listra dá a sensação de silhueta mais fina e longilínea, pois puxa o olhar de cima para baixo, sentido de altura da pessoa, porém, a largura das listras pode influenciar, as mais largas podem dar o efeito contrário, para isso basta inserir uma terceira peça.

Listras horizontais: as listras horizontais tendem a dar a sensação de expansão da silhueta, devido a isso ela é excelente para ajudar a equilibrar a silhueta, basta usá-la na região do corpo que a mulher deseja dar essa sensação de amplitude. São bem comuns em looks com estilo Navy, quando as listras tem alto contraste e são compostas com as cores: azul marinho, branco, preto e vermelho.

Listras diagonais: esse tipo de listra é mais democrático, geralmente são usadas para dar ilusão visual de silhueta mais fina, os olhos além de irem na direção vertical vão para a horizontal.

Listras assimétricas: são as que têm diferentes larguras, direções e misturam as horizontais com verticais e/ou diagonais, tem o mesmo efeito que as listras diagonais, são usadas em vestidos, saias e blusas.

Listras coloridas: as cores também influenciam na silhueta e no estilo. As cores muito vivas, claras e coloridas tendem a aumentar visualmente a silhueta e dar um ar de informalidade ao look. As listras com efeito degradê, horizontal e monocromáticas, são ótimas para disfarçar pneuzinhos ou um quadril mais largo.

Aposte no modelo do momento com o nosso modelo, que é um charme:

111

Fonte: Dicas de Mulher

Deixe um comentário

*Preencha o campo corretamente