5 erros que você não pode cometer na sua loja de roupas em 2019

22 de abril de 2019 | Atendimento, Lojistas
5-erros-que-você-não-pode-cometer-na-sua-loja-de-roupas-em-2019.jpg

Como anda o atendimento ao cliente na sua loja de roupas? E a maneira com a qual você planeja os resultados em curto, médio e longo prazo?

Entender quais são as práticas menos efetivas, do mercado, permite que você se posicione com mais segurança, gerando diferenciais competitivos para atrair mais clientes e aumentar as vendas!

Portanto, aproveite para conferir as dicas que separamos, ao longo deste post, e descubra como evitar a presença comum de imprevistos na gestão da sua loja de roupas!

1. Metas superdimensionadas

Imagine que não só você, mas todo empreendedor quer estabelecer metas altíssimas em curto, médio e longo prazo. A questão é: com base em que esses dados foram estabelecidos?

Quando você cria metas irreais, a sua equipe vai se frustrar, estressar-se e até mesmo disputar os clientes de maneira desagradável para alcançar os números propostos. Isso piora quando eles percebem que o objetivo é impossível.

Planilha de Controle do Cadastro de Clientes | Baixar gratuitamente | Brix Jeans

Para você, além de ter um problema com a gestão de pessoas, também vai ter problemas em fechar as contas, já que as projeções eram para lá de otimistas.

Daí a importância em avaliar os resultados não apenas da sua loja de roupas, mas do mercado inteiro. Descubra quais são os meses que menos vendem, quando acontecem as datas de maior volume de vendas e como o seu planejamento vai se associar a esses períodos para garantir real eficácia ao longo do ano inteiro.

2. Mentir para o cliente

O atendimento ao cliente é um dos principais diferenciais para garantir o sucesso de sua loja de roupas. Afinal de contas, é por meio dele que se cria uma experiência de compra diferenciada, atrai e fideliza os clientes.

Só que, em busca de resultados, os vendedores podem sentirem-se no direito de mentir para os clientes. Exemplo: “essa roupa ficou ótima em você” quando, na verdade, aquele estilo não cai bem na pessoa.

Por sua vez, a verdade, transparência e o auxílio consultivo são essenciais para garantir uma experiência de qualidade e garantir que essa pessoa volte à sua loja de roupas diante de uma nova necessidade.

O mesmo vale para aquelas discussões desnecessárias com o consumidor. Use, sempre, a abordagem solícita, educada e argumentativa. Cair para o lado emocional destrói a argumentação e faz com que um ou mais clientes evitem a sua loja de roupas pois teme um tratamento similar na ocorrência de problemas.

3. Ausência de ações de pós-venda

Uma das melhores estratégias de fidelização de clientes para loja de roupas é a ação de pós-venda. Por meio dela o consumidor sente que você compôs uma ação personalizada, de verdade, para ele.

Para isso, você pode investir em:

  • Envio de pesquisas de satisfação após uma compra;
  • Registro dos hábitos de compra de cada cliente, integrando-os aos seus sistemas on-line para saber como construir abordagens mais personalizadas;
  • Disparo de e-mails com promoções exclusivas.

Lembre-se que isso se sobrepõe ao atendimento ao cliente, uma vez que ele vai complementar o serviço de qualidade que os seus vendedores realizaram com o consumidor. Por isso, cabe o alinhamento no tom de voz para que esses clientes sintam que estão lidando com uma pessoa só — o que define plenamente o tom de voz e o DNA da sua marca.

4. Não inovar nos produtos em sua loja de roupas 

Manter um estoque limitado prejudica o crescimento da empresa, da mesma maneira que ter sempre peças em estoque também impacta negativamente o seu investimento ao longo do ano.

Por isso, uma solução interessante é o planejamento pontual para que você tenha peças, em todas as estações, e sempre agregando novidades na sua loja de roupas — apostando, de maneira equilibrada, nas tendências e nas peças clássicas também.

Assim, cada visita do cliente vai ter, ao menos, uma certeza: a de que ele vai encontrar algo de novo em seu empreendimento. E essa surpresa é o diferencial para fazer com que as pessoas optem por visitar o seu local, primeiro, em vez de ir à concorrência.

5. Falta de ações em datas comemorativas

Por fim, seja o ponto referencial do seu setor de atuação: invista nas datas comemorativas que mais movimentam o varejo, mas procure também por comemorações que poucos exploram.

Assim, você atrai nichos diferentes, mas dentro do mesmo perfil geral de clientes da sua loja de roupas. Isso, inclusive, faz com que você possa considerar, com o tempo, metas mais ousadas já que você está atuando com pioneirismo no seu setor de atuação.

Imagine o quanto isso não influencia de maneira positiva no atendimento ao cliente, já que seus vendedores vão saber que é possível alcançar metas maiores?

E, por falar em vendas, que tal complementar as dicas vistas neste artigo para saber como você pode qualificar ainda mais as estratégias de vendas para a sua loja de roupas bombar?

Deixe um comentário


7 + 9 =


*Preencha o campo corretamente